Eu Te Amarei Para Todo Sempre e Ainda Depois ganha prêmio de desenvolvimento de roteiro

O projeto “Eu Te Amarei Para Todo Sempre e Ainda Depois” do roteirista Jose Padilha foi um dos premiados no edital de audiovisual da Fundação Cultural de Curitiba na Modalidade de Desenvolvimento de Longa-Metragem.

O roteiro contará a história de Camille, uma professora de yoga que tem uma rotina de vida normal e pacata. Há pouco tempo foi diagnosticada com uma epilepsia, um distúrbio crônico, com convulsões recorrentes e não provocadas. Ela viaja para a Índia  em busca de uma terapia alternativa para sua doença. Ao retornar conhece Ana, uma fotógrafa por quem desenvolve uma intensa amizade e relação afetiva. O relacionamento altera drasticamente sua rotina e passam a ocorrer estranhos e perturbadores acontecimentos paranormais.

Esteticamente conceituado como um “film noir”, abrindo mão da formatação convencional do realismo e cronologia temporal, são utilizados três planos temporais distintos, que se entrecruzam, cada um explorando uma sugestão de realidade diferenciada, alegoricamente relacionadas ao id, ego e superego.

Após as assinaturas do contrato juntam-se ao projeto na qualidade de consultores do roteiro, os mestres premiados e reconhecidos internacionalmente, Yoya Wursch e Miguel Machalski.